Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

ALPES E LAGOS: OS TESOUROS NATURAIS MAIS BEM ESCONDIDOS DA EUROPA

Mäyjo, 31.01.17

andrea_a

Algumas belezas escondidas da Europa 

 

OS JAPONESES QUE VIVEM EM QUARTOS CLAUSTROFÓBICOS

Mäyjo, 30.01.17

 

quarto_a 

Conseguiria viver neste espaço? 

 

DEZ COISAS QUE NUNCA DEVE MANDAR PELA SANITA

Mäyjo, 29.01.17

fralda_SAPO

Todos sabemos que as toalhitas de bebé não devem ser atiradas pela sanita, mas existem outros produtos, objectos ou entidades alimentares que são encontradas, todos os anos, nos esgotos da cidade de Londres, Inglaterra.

 

Fique com uma lista de objectos mais – e menos – óbvios que não deve enviar, em nenhuma situação, pela sanita abaixo.

 

1.Gordura alimentar

Atirar gordura alimentar pela sanita abaixo é pôr-se em problemas – e às entidades gestoras das águas, também. Quando misturada com toalhitas de bebés e outros detritos, a gordura torna-se numa entidade quase indestrutível – a que os britânicos chamam Fatberg – provocando graves problemas nos nossos esgotos.

 

2.Preservativos

Não é fácil enviar um preservativo pelo esgoto abaixo, mas há muitas pessoas que o conseguem. Segundo Simon Evans, da Thames Water – que gere os esgotos de Londres – os preservativos podem ser vistos a boiar nos esgotos e têm de ser retirados à mão.

 

3.Animais de estimação

Não é brincadeira. Nos esgotos podem ser vistos peixes, atirados pelas pessoas que os compram e, depois, se fartam deles, mas também hamsters e ratos-do-deserto.

 

4.Fraldas

Se enviar um preservativo pela sanita é difícil, uma fralda é muito mais difícil. Ainda assim, há quem o consiga fazer.

 

5.Partes do corpo humano

Há bocados de dedos, dedos inteiros e até mãos nos esgotos de Londres.

 

6.Cotonetes e tampões

Ambos não se decompõem e podem formar bolas de algodão durante meses ou anos, bloqueando os esgotos. Depois, têm de ser retirados à mão.

 

7.Carros

Um dia, metade de um Mini foi retirada dos esgotos. É raro, mas aconteceu.

 

8.Tinta e resíduos de construção

A tinta é mais um produto que, claramente, não faz parte do esgoto nem do que vai pela sanita abaixo. Mas não é incomum lá aparecer.

 

9.Drogas

Sobretudo seringas, que para além de pouco higiénicas podem provocar graves lesões a quem anda pelos esgotos.

 

10.Comida

Se um pedaço de pão não causa problemas de maior, o mesmo não acontece se pedaços de osso ou até de um caroço de uma maçã forem enviados pela sanita.

 

Foto: Inga Munsinger Cotton / Creative Commons

SERVIÇO DE METEOROLOGIA INFORMA SOBRE ESTADO DO TEMPO EM QUALQUER PARTE DO MUNDO

Mäyjo, 28.01.17

meteorologia

Serviços e sites de meteorologia há muitos, mas o Windytv vai mais além, dando informação sobre o estado do tempo em qualquer parte do mundo. Além disso permite a interactividade com o utilizador.

 

Disponível sob forma de site ou através de aplicação para Android e, mais recentemente, para iOS, o Windytv permite saber o estado do tempo em qualquer parte do mundo, dando informações como direção e velocidade do vento, temperatura, precipitação/queda de neve e até altura e direção das ondas do mar.

Além de informação completa e na hora, este novo serviço permite ao utilizador interagir de forma intuitiva, através de várias definições. A sua pesquisa faz-se sobre localizações específicas com a facilidade de um clique.

Em Novembro passado a versão Android do Windytv já tinha sido descarregada mais de 500 mil vezes.

Foto: Reynaldo Vasconcelos

WC portátil e ecológico

Mäyjo, 27.01.17

casa de banho_a

A vila flutuante de Prek Toal, no Camboja, está a colocar o poder natural de filtro das plantas das zonas húmidas ao serviço da população, retirando os contaminantes presentes nos seus esgotos. Desde sempre que as vilas flutuantes no lago Tonle Sap enviam os dejectos humanos directamente para a água, mas a bactéria tem causado várias doenças na população e nos animais que fazem de Tonle Sap o seu habitat – entre elas a cólera, diarreia ou simples náuseas.

 

Prek Toal é uma das 200 vilas flutuantes do lago, que é casa para mais de 100.000 pessoas. A pequena vila encontra-se totalmente depende do lago: as suas escolas, casas, mercearias e até a esquadra de polícia são flutuantes.

Até agora, a maioria da população utilizava o lago como casa de banho, mas o cenário está a mudar. Estão a ser construídas casas de banho flutuantes que irão manter o local saudável com a ajuda das plantas nativas, que irão filtrar os resíduos antes de os fazer regressar ao lago.

Desenvolvida pela Wetlands Work, a casa de banho envia todos os resíduos humanos para uma espécie de casulo que contém plantas como hiacintos, que têm os microrganismos necessários para embeber os resíduos das toxinas na água. Estes micróbios poderosos podem limpar a água até 99,999999%, retirando bactérias como a E. Coli sem utilizar químicos.

As Handy Pods – assim se chamam as casas de banho – podem também ser feitas a partir de materiais locais, sem custos ou impacto ambiental. Financiado pelo Grand Challenges Canada, o projecto da Wetlands Work está a ser trabalhado em parceria com o WaterAid Cambodia.

 

 

 

Pág. 1/9